Publicado por: Fúlvio Stelli | 11 de junho de 2011

Catadores de material reciclavel. Uma nova visão, educadores ambientais!

Revista de Informação e Educação Ambiental.

Revista mensal, contendo matérias de interesse a população regional.

Objetivo: Gerar renda complementar aos participantes dos grupos de catadores envolvendo os familiares e agregados e incentivar boas praticas ambientais.

Inspirada na revista britânica Big Issue (criada em 1991), e a Ocas no Brasil, é um projeto que tenta resgatar a auto-estima, a cidadania, e a participação social de pessoas que vivem na pobreza. Essa reintegração é feita mediante a venda da revista por catadores de recicláveis em situação de fragilidade, além da colaboração com depoimentos, opiniões e histórias de vida destas pessoas nas edições. Voluntários estudantes das áreas de comunicação escrevem para a revista, além de colaboradores da imprensa local. A ação de venda porta a porta levará estas pessoas ao contato com um universo muito maior de geradores de resíduos auxiliando-os a resgatar maior numero de material e possibilitará também melhoria na qualidade de   vida com geração de renda imediata.

O intuito da revista é fazer com que o individuo que vende a Revista preste um serviço de conscientização ambiental, ética e humanitária à sociedade e si mesmo, pois o coloca em um outro patamar social, um agente efetivo no incentivo a correta destinação de materiais recicláveis aumentando o quantitativo e sua qualidade para reciclagem.

Através do trabalho, esses coletores-vendedores são ajudados emocional e psicologicamente.

Aqui em Manaus sugerimos serem coordenados pela SEMULSP com a colaboração de voluntários estudantes universitários, por quem serão preparadas oficinas de treinamento para os vendedores/catadores.  A revista será viabilizada por meio do patrocínio de empresas nas primeiras edições. Porem  se auto sustentará  quando sua eficácia se mostrar  viável aos anunciantes. A formula econômica  de geração de renda também comporta parte da sustentabilidade , pois o vendedor recebe as primeiras cem revistas gratuitamente. Depois as adquire por 50% do preço de venda, sustentando parte das próximas edições.

PERFIL DA REVISTA

Editorial.  Jornalista trata assunto do momento.

Cadernos:

A – Cidadania.

Direitos e deveres – Didático. (Discorre sobre a constituição brasileira) um tema e abordado e explicado. Colaboração de um membro da OAB ou do MPF.

B – Coletividade participativa.

Ações comunitárias para solução de problemas ou suas iniciativas para o bem comum.

C – Saúde.

Matéria sobre tema especifico informando sobre sintomas e tratamento.

D – Educação / Profissão.

As profissões e seus currículos educativos. (cada edição uma profissão)

E – Emprego,  renda e negócios

Os caminhos da informalidade para a formalidade. ( SEBRAE)

F – Culinária Alternativa. Receitas nutritivas e econômicas.(Pastoral da Criança) * receitas de pastilha de rapadura, bolo de casaca de banana, pão de jerimum, etc.

G – Boas Iniciativas. Voluntariado, ações de destaque humanitário (individuo ou empresa), ações de destaque ambiental.

H – Destaque “História de Vida” Exemplos  de luta e dignidade humana.

I – Na minha Cidade. História e locais interessantes.

J – Vultos da Terra. Quem foi e o que fez por Manaus e seu povo.

K – Cultura e Arte. O que esta acontecendo na Periferia culturalmente , um painel das opções de novos locais, artistas do povo, grupos de teatro, dança , etc.

* Há abertura para muitas outras opções de cadernos.

Projeto Cidade Verde – Sementes (encartada na revista) Todo mês uma semente.

Ex: Mem – seus ramos servem para escovar os dentes, Açaí, Frutíferas e de Sombra  para auxiliar a arborizar a cidade.

Eventos promovidos pelos catadores.(para aproximá-los da comunidade)

Distribuição de mudas em eventos promovidos pela revista para trocar por recicláveis e incentivar o habito relevante de reciclar diariamente .

Primeiros passos para  viabilidade.

•Reunião com lideranças dos grupos de catadores assistidos pela PMMpara apresentação do projeto da revista ocorrido em agosto de 2008.
•Obtivemos plena aceitação por parte dos catadores presentes.
•Propomos uma segunda reunião para apresentar o modelo da revista, colher informações dos grupos, como quantidade de pessoas, área de atuação e necessidades. Tudo será documentado em vídeo como registro inicial para futuro balanço  após o primeiro ano de atuação.

Na oportunidade desta reunião foram  entregues aos grupos  baner para exibição no local de armazenagem  do material coletado,  contendo orientações para a coleta e desmanche dos equipamentos de informática, baterias recarregáveis e celulares.

Juntamente receberam planilha com o preço pago por cada tipo de material que a empresa recicla e orientações para a destinação de outros resíduos como plástico e metais.

Portanto o que este projeto possibilita é que, pessoas venham a encontrar  um novo método de trabalho, obtenham renda imediata, aumentem as quantidades coletadas e com melhor qualidade, tornem-se propagadores de boas praticas como educadores ambientais na comunidade onde atuam e tenham a perspectiva futura de mudar de vida diante das possibilidades  que advirão dentro do universo atendido por este seu trabalho.

Para replicar este projeto entre em contato.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: